Como fazer compra parcelada sem cartão de crédito

O Pix parcelado já é uma realidade em algumas instituições bancárias no Brasil.

Cartão de crédito

O cartão de crédito sempre foi o meio de pagamento preferido do brasileiro. Mas há pouco tempo, surgiu o Pix, um sistema de transferência imediata que não cobra taxas dos usuários e permite que o dinheiro seja transferido no mesmo segundo para qualquer instituição financeira.

Ainda que o Pix tenha trazido muito mais facilidade no dia a dia dos usuários, o cartão continuou sendo o meio de pagamento preferido dos brasileiros por conta de algumas soluções que o Pix ainda não conseguiu resolver.

De qualquer forma, é importante saber que agora muitos bancos e instituições financeiras estão oferecendo uma nova forma de comprar parcelado sem utilizar o cartão. Por meio do próprio Pix! Saiba mais na matéria a seguir.

Uso do cartão de crédito

A grande maioria dos consumidores no mundo utiliza o cartão de crédito para parcelar as compras em 10, 12, 20 vezes ou até mais, permitindo assim que adquiram bens mesmo sem ter o dinheiro no momento na conta. Por outro lado, devido à falta de conhecimento financeiro, o cartão de crédito é o meio de pagamento que mais faz as pessoas criarem uma dívida.

O problema em si não é o cartão de crédito, mas sim como ele é utilizado. É importante compreender que ele é apenas uma ferramenta que permite fazer uma compra, e não uma extensão da renda mensal. Quando bem utilizado, o cartão pode ser o melhor parceiro financeiro. Mas quando não, pode se transformar no maior vilão.   

Além disso, o baixo score de crédito é outra barreira que está fazendo com que muitos clientes prefiram utilizar o Pix parcelado ao invés do cartão de crédito, já que para utilizar o Pix não há interferência do score de crédito.

Compras parceladas por Pix

Atualmente, o Pix é uma das formas de pagamento mais utilizadas no Brasil, por conta da rapidez e facilidade de aprovação de pagamento. Afinal, tudo acontece em poucos segundos. 

Com o auxílio do Banco Central para acelerar o processo, já é possível fazer compras parceladas com o Pix em algumas instituições financeiras brasileiras. Ou seja, muitos usuários não precisam mais utilizar o cartão de crédito para parcelar uma compra.

O usuário precisa escolher o produto pelo qual deseja pagar, escolher a opção Pix como forma de pagamento, e então escolher a forma parcelada. Se ela estiver disponível, basta prosseguir. No entanto, é importante estar atento a alguns detalhes muito importantes.

O pagamento com Pix parcelado cobra juros altos mensais, e o valor é pago pelo banco. Isto significa que você estabelece um contrato entre você e o banco. Ele pagará o valor integral na hora, e você pagará de forma parcelada com juros mensais.

No entanto, os juros são consideravelmente altos, inclusive mais altos do que os juros do cartão de crédito. E é por esse motivo que muitos especialistas acreditam que a compra com o cartão de crédito acaba sendo mais vantajosa sob esse ponto de vista.

Até o momento, nem todas as instituições financeiras brasileiras adotaram este método de pagamento, mas a projeção é para que até 2023, praticamente todos os bancos brasileiros já ofereçam o Pix parcelado. O Santander é um banco que já aceita este formado.

Assim como com o cartão de crédito, é importante ter consciência na hora de fazer uma compra, e nunca gastar mais do que se ganha. Com os juros mais altos do Pix, pode ser mais vantajoso comprar com o cartão, mas nem todos conseguem ter a aprovação de um cartão por vários motivos.

São vários pontos para analisar, e no final das contas, você deve optar pelo método mais vantajoso para você. 

A Microsoft e a OpenAI anunciaram recentemente um investimento multibilionário da Microsoft na OpenAI: ChatGPT Bilionários mais repudiados do mundo Criando negócios milionários sem investimento inicial Colecionadores de luxo podem lucrar mais que investidores Investir no exterior: Sua vida financeira global e completa Shorts do YouTube estão prestes a deixar todo mundo rico